ANESE

Endereço: Rua Bernardo de Vasconcelos, nº. 434 - sl. 202. Realengo. Rio de Janeiro - RJ | CEP: 21710-262 -

Atendimento: De Segunda a Sexta-feira Das 09:00h às 17:00h Horário de almoço: Das 12:00h às 13:00

TEL.: 21 3579-7512

TRADUTOR DO GOOGLE

Total de visualizações de página

contador

SITE DA ANESE

Assine a Petição pública pelo fim da multa da rais

sexta-feira, 9 de julho de 2010

SENADOR ARTHUR VIRGÍLIO QUER PDS 399/2010 DOS EX SOLDADOS ESPECIALIZADOS DA FAB EM VOTAÇÃO.



Dia 08/07/2010 (quinta-feira) O líder do PSDB, Arthur Virgílio Neto, disse esperar que no próximo esforço concentrado sejam incluídos na pauta de votação sua PEC nº 6, que trata da situação funcional de empregados públicos, e a de proposição do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) dispondo sobre concurso para soldados da Aeronáutica. Ele disse ter tentado incluí-las na pauta desta semana, mas encontrou resistências da parte da liderança do governo.
A PEC, segundo o senador, visa a corrigir equívocos históricos que atingiram diversas categorias funcionais durante a Constituinte, principalmente os servidores do Serpro.
"Vejo – disse – funcionários do Amazonas e de outras partes do País vindo aqui, gastando o dinheiro que não têm, e a solução que se arrasta. O relator da PEC, senador Eduardo Suplicy, e o governo não dão sinal verde. "Espero que salvemos a vida, a alegria, a perspectiva funcional desses servidores, que se sentem no limbo, alguns já se aposentando."
A proposição de autoria de Flexa Ribeiro, por sua vez, susta o Decreto nº 3690, de 19 de dezembro de 2000, que aprova o regulamento do corpo de pessoal graduado da Aeronáutica e dá outras providências.
"A Aeronáutica, e a respeito muito – explicou – abriu concurso que exigia certidão de reservista dos candidatos. Então, não eram recrutas, eram pessoas que já tinham servido, já tinham certidão de reservista. Feito o concurso, os que passaram foram depois dispensados como se fossem recrutas. Quero conversar, em agosto, com o comandante Militar da Aeronáutica sobre isso, e pedi que não tomassem nenhuma atitude precipitada. Gostaria de ver essa situação bem esclarecida, porque só no meu Estado são mais de três mil pessoas que estão nesse limbo, nessa situação desagradável. Um desembargador federal disse que eles têm direito. Eu fico entre a cruz e a caldeirinha, porque não quero arranhão na minha relação com a Aeronáutica, onde tenho tantos amigos."

Fonte: http://www.senado.gov.br/senadores/senador/arthurvirgilio/noticia.asp?data=08/07/2010&codigo=82397

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CADASTRE SEU E-MAIL, RECEBA NOTÍCIAS DO NOSSO BLOG

Pesquisar este blog

FRAUDES NA FORÇA AÉREA BRASILEIRA