ANESE

Endereço: Rua Bernardo de Vasconcelos, nº. 434 - sl. 202. Realengo. Rio de Janeiro - RJ | CEP: 21710-262 -

Atendimento: De Segunda a Sexta-feira Das 09:00h às 17:00h Horário de almoço: Das 12:00h às 13:00

TEL.: 21 3579-7512

TRADUTOR DO GOOGLE

Total de visualizações de página

contador

SITE DA ANESE

Assine a Petição pública pelo fim da multa da rais

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ANESE AM MARCA PRESENÇA EM DOMINGO AÉREO - BAMN / VII COMAR

Muito bom foi voltar a FAB e ver este grandioso evento, excelente mesmo será estar nas fileiras da FAB, a ANESEAM sentiu a alegria que é estar em casa. A exposição de Helicópteros das 3 Forças Armadas e Aeronaves como E-99, o C 105 Amazonas que substituiu o famoso C-115 (Búfalo) nas missões no Amazonas, o C-130 (Hércules), Tucanos, paraquedismo, rapel entre outras atrações, mas, a magnitude dos ares estaria focada na Esquadrilha da Fumaça que fez excelente apresentação, só lamentamos a repentina mudança do tempo que acabou com a apresentação.


Diretor da ANESE MANAUS falou com o Senador Arthur em 27 NOV 2010



De acordo com os companheiros da ANESE AM, No dia 27/11/10, O Diretor da Anese Manaus, Alexandre Nascimento, entregou nas mãos do Senador Artur Virgílio, copia do DVD referente a reunião ocorrida em Brasília entre o Senador Romero Jucá e a Diretoria Nacional da ANESE. Na oportunidade, foi informado ao Senador Artur a atual situação da tramitação do PDS 399/2010 e a provável reunião entre o Senador Romero Jucá e o Comandante da Aeronáutica em dezembro, visando fechar definitivamente a situação da Reintegração dos Ex-Soldados Especializados.

“Segundo o Senador Artur Virgílio, a recente aproximação do Senador Romero Jucá em questão a ANESE, sem dúvida, é uma importante vitória de todos que contribuem nesta luta, e ainda, não medirá esforços para manter viva a esperança de todos os ANESIANO”.

DIRETORIA DA ANESE MANAUS

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

PDS 399/2010 TEM MAIS UMA MOVIMENTAÇÃO HOJE DIA 25.11.2010, E É RECEBIDO PELA CREDN E AGUARDA DISTRIBUIÇÃO PARA INDICAR UM RELATOR



 MAIS UMA VEZ NOSSO PDS TEM MOVIMENTAÇÃO NO SENADO FEDERAL. AGORA TEMOS QUE FICAR EM CIMA PARA QUE O MESMO NÃO CAIA EM MÃOS ERRADAS COMO NOSSO PDC 2131/2009 DA CÂMARA, ONDE EXCELENTÍSSIMO DEPUTADO FEDERAL WILLIAN WOO DO PPS/SP, FEZ POUCO CASO DE NOSSAS VIDAS E SENTOU LITERALMENTE EM CIMA DA RELATORIA, QUE FEZ COM QUE TRAVASSE O MESMO PROJETO NA CAMARA. GRAÇAS A DEUS APARECEU O SENADOR FLEXA RIBEIRO EM NOSSAS VIDAS. PRECISAMOS CORRER PARA QUE POSSAMOS TENTAR INDICAR SE POSSÍVEL UM SENADOR COM FIBRA E BRIGUE POR NÓS COMO FEZ O SENADOR ARTHUR VIRGÍLIO PSDB/AM NA RELATORIA DO CCJ DO NOSSO PDS 399/2010.



25/11/2010 
CRE - Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional
 
Situação:
AGUARDANDO DESIGNAÇÃO DO RELATOR
Ação:
Recebi na Comissão nesta data. Matéria aguardando distribuição

A ANESE ESTÁ DE OLHO - Nova equipe econômica da presidente Dilma Rousseff fala de austeridade Na prática, significa não ceder a pressões políticas.



A equipe econômica do governo Dilma Rouseff já está escolhida. O desafio agora é cortar gastos de custeio e evitar novos gastos e aumentos salariais. Essa é a orientação dada aos que foram convidados para a equipe econômica do futuro governo. Todos já integrantes do governo atual. Os três nomes anunciados ontem foram oficialmente confirmados.
Em entrevista exclusiva à TV Globo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse que gastar menos é o desafio do novo governo. “Além de cortar gastos que já existem, nós ainda temos de impedir que novos gastos sejam feitos”, afirmou o ministro.

 Nem adianta pressionar. Na luta contra novos gastos, o ministro da Fazenda anunciou que não pretende dar aumento de salário para funcionários públicos federais no ano que vem. Guido Mantega também não planeja dar reajuste além do previsto no orçamento para os aposentados do INSS, nem igualar os salários da polícia aos dos militares de todo o país. O salário mínimo deve ficar mesmo R$ 540. São planos do governo que dependem do Congresso.
 
“Não é fácil conter gastos. O ideal é gastar, mas nós temos que ter a responsabilidade de só gastar aquilo que se arrecada, e nós vamos estar atentos para não deixar passar projetos que ampliem os gastos que impactem as contas públicas”, disse o senador Romero Jucá (PMDB-PR), líder do governo.

“Mudou o discurso. O Brasil não está mais vivendo um momento mágico. Saímos da ficção e agora temos o país real em dificuldades”, opinou o senador Álvaro Dias (PSDB-PR)
A equipe que assume a economia a partir de 1º de janeiro foi apresentada. Os três já trabalham no governo. O ministro da Fazenda vai continuar no cargo. Para a presidência do do Banco Central foi indicado Alexandre Tombini, atual diretor de Normas do banco. E a futura ministra do Planejamento, Miriam Belchior, é coordenadora do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Na mesma linha do ministro da Fazenda, ela falou em cortar gastos.
“Vamos reavaliar todos os gastos de custeio importantes para que a gente possa potencializar sua utilização. É possível fazer mais com menos”, garantiu a futura ministra.
Alexandre Tombini, escolhido para presidir o Banco Central, e o ministro da Fazenda falaram várias vezes na autonomia do banco. Na prática, significa não ceder a pressões políticas quando o Banco Central tiver, por exemplo, de decidir sobre a taxa de juros para manter a inflação sob controle.
“Tive longas e boas conversas com a presidente Dilma Rousseff. Ela me disse que nesse regime não há meia autonomia. É autonomia operacional total”, apontou Alexandre Tombini.
Outro nome confirmado é o do ministro Paulo Bernardo. Ele vai sair do ministério do Planejamento para assumir outro cargo, provavelmente no Palácio do Planalto. Bernardo já aceitou o convite da presidente eleita.
“Ela me fez um convite para participar do governo, mas um convite genérico, porque ela me disse que tem mais de uma opção e, portanto, não queria definir isso agora”, explicou o ministro Paulo Bernardo.
Em nota, a presidente eleita, Dilma Rousseff, determinou que a futura equipe econômica dê continuidade ao regime de metas de inflação, política de câmbio flutuante e responsabilidade fiscal, com combate à pobreza.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Continuamos a avançar - Aprovado no plenário dia 24 de novembro de 2010 (quarta), o Requerimento nº 665, de 2010, do Senador Romero Juca PMDB/RR, referente a tramitação do PDS 399/2010 da ANESE


Votação, em turno único, do Requerimento nº 665, de 2010, do Senador Romero Jucá, solicitando que, sobre o Projeto de Decreto Legislativo nº 399, de 2010, além da Comissão constante do despacho inicial de distribuição, seja ouvida, também, a de Relações Exteriores e Defesa Nacional (susta o Decreto nº 3.690/2000 - Regulamento do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica).


Ação:
Incluído em Ordem do Dia o Requerimento nº 665, de 2010, de audiência da CRE.
Votação, em turno único.
24/11/2010 
ATA-PLEN - SUBSECRETARIA DE ATA - PLENÁRIO
 
 
Ação:
Aprovado o Requerimento nº 665, de 2010.
À Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional e, posteriormente, retorna à Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.
  

REUNIÃO ANESE RJ 21.11.2010

REUNIÃO DA ANESE-RJ RELIZADA DOMINGO DIA 21.11.2010, COM PRESENÇA DE MAIS DE 100 ASSOCIADOS E FAMILIARES. FORAM DISCUTIDOS DIVERSOS ASSUNTOS SOBRE PROCESSOS E PROTESTOS, INCLUSIVE O RETORNO DA PRESIDÊNCIA DA ANESE NA PRIMEIRA SEMANA DE DEZEMBRO À BRASÍLIA.
















terça-feira, 23 de novembro de 2010

PDS 399/2010 DA ANESE COMEÇA A ANDAR NOVAMENTE NO SENADO....

PDS - PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO (SF), Nº 399 de 2010
Autor: SENADOR - Flexa Ribeiro
Ementa: Susta o Decreto nº 3.690, de 19 de dezembro de 2000, que "aprova o Regulamento do Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica, e dá outras providências", em seu efeito autorizativo de licenciamento de aprovados em concursos públicos de admissão ao CESD - Curso de Especialização de Soldados.
Data de apresentação: 25/05/2010
Situação atual:
Local: 
23/11/2010 - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO

Situação: 
23/11/2010 - INCLUIDO REQUERIMENTO EM ORDEM DO DIA DA SESSÃO DELIBERATIVA
Matérias relacionadas: RQS - REQUERIMENTO 665 de 2010
Indexação da matéria:
Ver a indexação da matéria Clique para ver/ocultar a indexação da matéria

 Identificação da Matéria
PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO (SF) Nº 399, DE 2010
Autor: SENADOR - Flexa Ribeiro
Ementa: Susta o Decreto nº 3.690, de 19 de dezembro de 2000, que "aprova o Regulamento do
Corpo do Pessoal Graduado da Aeronáutica, e dá outras providências", em seu efeito
autorizativo de licenciamento de aprovados em concursos públicos de admissão ao
CESD - Curso de Especialização de Soldados.
Data de apresentação: 25/05/2010
Situação atual: Local: 23/11/2010 - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Situação: 23/11/2010 - INCLUIDO REQUERIMENTO EM ORDEM DO DIA DA SESSÃO
DELIBERATIVA
Matérias relacionadas: RQS - REQUERIMENTO 665 de 2010
Indexação da matéria: Indexação: SUSTAÇÃO, DECRETO FEDERAL, NORMAS, REGULAMENTO, CORPO
DO PESSOAL GRADUADO DA AERONÁUTICA, AUTORIZAÇÃO, LICENCIAMENTO,
APROVAÇÃO, CONCURSO PÚBLICO, ADMISSÃO, CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO,
SOLDADO.
Sumário da Tramitação
Em tramitação
Despacho: Nº 1.despacho inicial
(SF) CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Relatoria: CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Relatores: Arthur Virgílio (atual)
TRAMITAÇÕES (ordem ascendente)
25/05/2010 PLEG - PROTOCOLO LEGISLATIVO
Este processo contém 12 (doze) folhas numeradas e rubricadas.
25/05/2010 ATA-PLEN - SUBSECRETARIA DE ATA - PLENÁRIO
Leitura. À Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania.
Publicação em 26/05/2010 no DSF Página(s): 23282 - 23293 ( Ver Diário )
26/05/2010 CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Situação: AGUARDANDO DESIGNAÇÃO DO RELATOR
Recebido nesta Comissão. Matéria aguardando distribuição.
16/06/2010 CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Situação: MATÉRIA COM A RELATORIA
Distribuído ao Senador Arthur Virgílio, para emitir relatório.
23/06/2010 CCJ - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania
Devolvido pelo Senador Arthur Virgílio e encaminhado à Secretaria-Geral da Mesa para atender a solicitação
constante do Oficio nº 1170/2010, da Presidência do Senado Federal, referente a requerimento de audiência de
outra Comissão (fls. nº 13). À SSCLSF.
23/06/2010 SSCLSF - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Recebido neste Órgão, nesta data. Encaminhado ao Plenário.
23/06/2010 ATA-PLEN - SUBSECRETARIA DE ATA - PLENÁRIO
Situação: AGUARDANDO INCLUSÃO ORDEM DO DIA DE REQUERIMENTO
Leitura do Requerimento nº 665, de 2010, de autoria do Senador Romero Jucá, solicitando que a presente matéria
seja apreciada, também, pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, além da Comissão constante
do despacho inicial. O requerimento lido sera incluído em Ordem do Dia, oportunamente. À SSCLF.
Publicação em 24/06/2010 no DSF Página(s): 31257 ( Ver Diário )
24/06/2010 SSCLSF - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Senado Federal
Secretaria-Geral da Mesa
Atividade Legislativa - Tramitação de Matérias
Impresso em 23/11/2010 23h52 Sistema de Tramitação de Matérias - PDS 00399 / 2010 1
Situação: AGUARDANDO INCLUSÃO ORDEM DO DIA DE REQUERIMENTO
Aguardando inclusão em Ordem do Dia do Requerimento nº 665, de 2010, de audiencia da CRE.
23/11/2010 SSCLSF - SUBSEC. COORDENAÇÃO LEGISLATIVA DO SENADO
Situação: INCLUIDO REQUERIMENTO EM ORDEM DO DIA DA SESSÃO DELIBERATIVA
Incluído em Ordem do Dia o Requerimento nº 665, de 2010, de audiência da CRE. Votação, em turno único. 

LIBERADO VÍDEOS DA REUNIÃO DO PRESIDENTE, VICE E MEMBROS DA ANESE DIA 10 DE NOVEMBRO EM BRASÍLIA

REUNIÃO DO PRESIDENTE, VICE E MEMBROS DA ANESE,  COM O SENADOR ROMERO JUCÁ PMDB/RR, ASSESSORES DO DEPUTADOFEDERAL MARCELO ITAGIBA PSDB/RJ -  DRª IVETE E DRº ADHAÍTON, SENADOR FLEXA RIBEIRO PSDB/PA, DEPUTADA FEDERAL ELCIONE BARBALHO PMDB/PA, EM BRASÍLIA DIA 10 DE NOVEMBRO DE 2010.









sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Elcione defende solução para soldados da Anese

SITE DA DEPUTADA  FEDERAL ELCIONE BARBALHO PMDB/PA DESTACA A ANESE
deputada e juca reunião Anese
A deputada Elcione Barbalho (PMDB-PA) participou, na última quarta, 10, da reunião dos representantes da Associação Nacional de Ex-Soldados Especializados – ANESE, com os senadores Romero Juca (PMDB-RR) e Flexa Ribeiro (PSDB-PA), em Brasília. A reunião aconteceu no gabinete do líder do Governo, em Brasília. Os militares querem a reintegração de cerca de 12 mil soldados para os quadros da Aeronáutica. Eles buscam apoio para encontrar uma solução jurídica para o caso.
“Precisamos buscar uma alternativa e mostrar para o Ministério da Aeronáutica que houve um erro com relação a estes soldados. O Ministério agiu de forma errada ao demitir mais de 15 mil soldados. Só no Pará são mais de 1.900 homens. Imaginem quantas famílias estão sofrendo desde então. Por trás disso existem problemas sociais envolvidos. Precisamos encarar isso e apresentar uma solução para estas pessoas”, enfatizou Elcione ao falar para o líder do Governo, Romero Jucá.
Os militares que prestaram concurso para soldado da Aeronáutica foram demitidos com argumento de ter sido contratos apenas temporariamente. “Em nenhum momento o edital do concurso que prestamos para soldado determinava que seríamos servidores temporários e sim permanentes”, disse Luiz Carlos Oliveira, presidente da ANESE.
A Associação Nacional dos Ex-Soldados Especializados da Aeronáutica (Anese) congrega mais de 12 mil pessoas em todo país. Eles lutam para serem reintegrados à corporação. Eles foram contratados por meio de concursos públicos entre 1994 e 2002. A partir do segundo semestre de 1994, o comando da Aeronáutica realizou semestralmente o curso de Especialização, para formar soldados com especialização específica para diversos cargos dentro da instituição.
Com seis anos de atividades dentro da especialização específica, a Aeronáutica passou a licenciar estes soldados do serviço ativo ao serem comparados com soldados não especializados, não concursados e oriundos do serviço inicial obrigatório. Eles foram dispensados da Força Aérea, como reservistas e estranhamente possuem dois certificados de reservistas, quando de acordo com a legislação, servir a pátria é obrigatório somente uma vez.
O líder do governo, Romero Jucá, comprometeu-se com a categoria em conseguir o mais breve possível uma reunião com o comando da Aeronáutica para tratar do assunto.

11.11.2010 - Senador Romero Jucá PMDB/RR recebe representantes da ANESE e parlamentares que apóiam a causa


O líder do governo no senado,  Romero Jucá ( PMDB/RR ), recebeu nesta quarta-feira, 10, o presidente da Associação Nacional de Ex-Soldados Especializados (Anese), Luiz Carlos Oliveira e o Vice João Carlos Viegas do Amaral, acompanhado de ex-militares de Roraima e de outros estados.  A reunião aconteceu no gabinete do senador Jucá em Brasília e contou com a participação do senador Flexa Ribeiro (PSDB/PA), da Dep. Elcione Barbalho (PMDB/PA)  e da Chefe de Gabinete do Deputado Federal Marcelo Itagiba PSDB/RJ Doutora Ivete Viegas. Os militares querem a reintegração de cerca de 12 mil pessoas aos quadros da Aeronáutica; para tanto, precisam que o governo encontre uma solução jurídica para o caso.

No período de 1994 a 2001, os militares que prestaram concurso para soldado especializado da Aeronáutica, foram demitidos com argumento de terem sido contratos apenas temporariamente. “ Em nenhum  momento o edital do concurso que prestamos para soldado especialista determinava que seríamos servidores temporários e sim permanentes”, disse Luiz Carlos Oliveira, presidente da Anese.
O líder do governo, Romero Jucá, comprometeu-se com a categoria em conseguir o mais breve possível uma reunião com o comando da Aeronáutica para tratar do assunto.































CLICA NA FOTO E VEJA A MATÉRIA NO SITE




CADASTRE SEU E-MAIL, RECEBA NOTÍCIAS DO NOSSO BLOG

Pesquisar este blog

FRAUDES NA FORÇA AÉREA BRASILEIRA